Pará é o sétimo Regional a implantar o SEI

Pará é o sétimo Regional a implantar o SEI

Como parte das mudanças implementadas no Conselho Regional de Administração do Pará (CRA-PA) pela junta interventora, o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) já está em vigor no conselho.

Nesta sexta-feira, a equipe do Conselho Federal de Administração (CFA), que está no estado desde o dia 27 para apresentação do sistema e treinamento da equipe do CRA, colocou o SEI em funcionamento.

O sistema já é realidade em 7 Regionais. O Pará é o terceiro estado da região norte a trabalhar com a plataforma eletrônica, depois de Roraima e amazonas, respectivamente. Além da agilidade e segurança dos documentos, o SEI possibilita a economia de papel e suprimentos, como tinta de impressora.

A expectativa é de os processos fiquem cada vez mais transparentes. “Nós da Junta Interventora, tendo em vista a utilização dessa ferramenta no CFA, onde foi implantada em 2015, utilizamos o SEI e achamos interessante trazê-lo para o Pará. Vai otimizar, cada vez mais, o trâmite dos processos do Regional paraense e proporcionar segurança das informações, o que é muito importante visto que a junta é composta por três conselheiros federais que não residem no estado do Pará. Vamos poder acompanhar melhor, à distancia todos os processos que ocorrem no Regional”, afirmou o membro da Junta Interventora, Marcos Kalebbe Saraiva Maia Costa.

Sistema Eletrônico de Informações

O SEI foi criado por servidores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no Rio Grande do Sul, em 2009 e hoje é usado por mais de 400 órgãos públicos em todo o país. É uma ferramenta de gestão de documentos e processos eletrônicos, e tem como objetivo promover a eficiência administrativa.

O SEI integra o Processo Eletrônico Nacional (PEN), uma iniciativa conjunta de órgãos e entidades de diversas esferas da administração pública, com o intuito de construir uma infraestrutura pública de processos e documentos administrativos eletrônico.

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu