Informamos que o Sistema CFA/CRAs não estabelece piso salarial para o Administrador, uma vez que sua fixação depende de lei federal, o que deve ser pleiteado pelas Associações, Sindicatos e Federações dos Administradores, por ser de competência desses órgãos tal providência, bem como atuar e defender os seus filiados em questões trabalhistas.

No entanto, levamos ao seu conhecimento que a Pesquisa Nacional Perfil, Formação, Atuação e Oportunidades de Trabalho do Administrador, realizada em 2016 e disponibilizada no site (www.cfa.org.br), por meio do link (http://pesquisa.cfa.org.br/grep) – identificou as informações abaixo relacionadas à respeito da renda do Administrador.

RENDA INDIVIDUAL DO ADMINISTRADOR20062011
Até 3 SM mensais2720
Entre 3,1 e 10 SM mensais2843
Entre 10,1 e15 SM mensais1617
Entre15,1 e 20 SM mensais98
Entre 20,1 e 25 SM mensais64
Mais de 25 SM mensais147

Dados ponderados em 2011 (Ver metodologia – http://pesquisa.cfa.org.br/grep)

Federação Nacional dos Administradores (FENAD) publica uma “Tabela Orientativa para a Cobrança de Honorários sobre Serviços Técnicos Prestados por Administrador“. A tabela da FENAD define a unidade de trabalho como Hora Técnica (HT) de sessenta minutos à disposição do cliente e os valores variam de acordo com o porte da empresa que contrata o serviço.

Tabela orientativa para cobrança de honorários sobre serviços técnicos e responsabilidade técnica, prestados por Administrador. Clique Aqui!

 
Fechar Menu