Economia criativa é destaque na nova edição da RBA Economia criativa é destaque na nova edição da RBA

Economia criativa é destaque na nova edição da RBA Economia criativa é destaque na nova edição da RBA

Não é novidade que o mundo vive constantes transformações e, com as inovações tecnológicas geradas pela indústria 4.0, essas mudanças estão cada vez mais dinâmicas. Por isso, estudos mostram que boa parte das profissões que serão praticadas em 2030 ainda não existem. É nesse contexto que surge a economia criativa, assunto que é destaque na edição 136 da Revista Brasileira de Administração (RBA).

Na reportagem, produzida pelos jornalistas Elisa Ventura e Leon Santos, o leitor vai conhecer, em detalhes, deste conjunto de empreendimentos que se baseiam no tripé: capital intelectual, cultural e criatividade. Além disso, a matéria mostra cases de sucesso do segmento.

Em tempos de pandemia, a RBA 136 traz uma entrevista com a administradora e gerente de relacionamento médico sênior, da United Health Group-Brasil, Jacqueline Rossi. Na oportunidade, ela fala um pouco mais sobre os desafios de atuar no setor, principalmente durante a crise motivada pela Covid-19.

O leitor vai encontrar, ainda, uma matéria sobre valuation – processo de avaliação que calcula o valor das empresas, unidades de negócio e projetos de investimentos. Em economia, a RBA mostra o que as empresas estão fazendo para superar a crise e dar a volta por cima.

O que são as empresas unicórnios, o avanço econômico da Ásia e a força do parque tecnológico do Recife-PE e os destaques do Sistema CFA/CRAs são temas de outras matérias desta edição da RBA.

Clique aqui e confira a publicação na íntegra.

Ana Graciele Gonçalves
Assessoria de Comunicação do CFA